A1BA67D6-B7F5-4EE9-B96E-A3C6C6A729C2TIM banca virtual
99BC25CD-9209-40C8-AC3C-7870EBF636C3

Publicado em 19 de janeiro de 2022

Internações em UTIs e busca por serviços de emergência seguem em alta em Porto Alegre

A busca por testes contra Covid-19 e o aumento da procura por atendimento de pacientes com síndrome gripal mantêm pressionados os serviços de urgência e emergência na Capital. Hoje, as principais unidades de pronto atendimento - da Bom Jesus, Cruzeiro do Sul e Moacyr Scliar - operavam acima da capacidade, num cenário que já se transformou em rotina.

No mesmo dia em que o governo do Estado emitiu alerta para Porto Alegre, com base no Sistema 3AS de Monitoramento, as internações nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) apresentavam aumento da lotação, com 651 pacientes em estado grave e taxa média geral de ocupação de 87,15%.

Conforme a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), até o início da noite, 97 pessoas com diagnóstico de Covid-19 ocupavam leitos de terapia intensiva - maior número desde 15 de novembro, quando havia 99 casos confirmados em UTI.

Para o coordenador municipal de Urgências da Secretaria Municipal da Saúde de Porto Alegre, Daniel Lenz Faria Corrêa, as festas de fim de ano impactaram no aumento do contágio da doença. Apesar do crescimento das infecções por Covid-19, ele esclarece que a ocupação de leitos de terapia intensiva não acompanhou a elevação dos diagnósticos do novo coronavírus na Capital.

Ele destaca que a busca por testagens e atendimentos segue "muito alta". "Tivemos logo depois do Réveillon aumento de procura por síndrome gripal que está se mantendo em nível alto. O que notamos é que esta semana está estabilizado num parâmetro alto, ou seja, mantém a procura alta muito parecida com a dos últimos dias", observa.

Corrêa afirma que a demanda é tão elevada que a SMS avalia abrir os postos de saúde neste fim de semana, a exemplo do que ocorreu no anterior. "Tivemos vários postos de saúde abertos, mas que normalmente ficam fechados, para poder aliviar um pouco a sobrecarga dos prontos-atendimentos", ressalta.

Em meio à explosão de casos de Covid-19, Corrêa orienta a população a manter os cuidados sanitários. "Precisamos manter as orientações de evitar ao máximo aglomerações, usar máscaras, álcool em gel, para quebrar o contágio pelo vírus", salienta.

Ele destaca que todas as medidas que visam manter isolamento estão sendo divulgadas para a população. "Ao mesmo tempo estamos iniciando a vacinação das crianças, que para a gente vai ser uma nova ferramenta para frear o contágio entre as pessoas", avalia.

Este site armazena cookies para coletar informações e melhorar a sua experiência

Para saber mais sobre os cookies que usamos, consulte nossa política de privacidade.